17 de março de 2018
(86) 99577-9242
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 17/mar/2018

5 doenças e síndromes que desafia a ciência

Existe diversas síndromes e doenças raras que até mesmo a ciência não sabe explicar. Alguns dessas doenças e síndromes tem algum tipo de tratamento com a intenção de minimizar os sintomas que não devem ser nada fáceis de conviver, pois causam transformações no corpo, desconforto e dores. Confira abaixo 5 doenças que nem mesmo a ciência sabem como tratar.

A hipertricose causa um crescimento excessivo de pelos em lugares incomum, como em todo o rosto. Essa síndrome afeta mais homens do que mulheres e apesar de não ter cura a depilação a laser é um tratamento eficaz que pode melhorar a auto estima dos pacientes.

2. Xerodermia Pigmentosa

Trata-se de uma doença genética, faz com que a pessoa que sofre dessa doença não pode se expor ao raios UV , também conhecida como síndrome do vampiro, nas áreas afetadas pela exposição ao sol, ocorre uma forte reação inflamatória, que pode levar ao câncer de pele. Se caso a pessoa que sofre desta síndrome precisar sair de casa deve se proteger de todas as formas possíveis, em casos mais graves é necessário evitar completamente qualquer tipo de exposição a luz solar ou qualquer outra fonte de radiação ultravioleta.

3. Encefalite Letárgica

A encefalite letárgica, conhecida como doença europeia do sono ou doença de Von Economo, é uma forte encefalite cuja as causas são desconhecidas. Um dos sintomas são sonolência incontrolável, letargia, dor de cabeça, perda da fala,visão dupla, tremores. Entre os anos de 1915 á 1926 uma epidemia desta doença se espalhou pelo mundo causando a morte de muitas pessoas.

4. Urticária ao Frio

É uma doença rara hereditária ou adquirida, essa doença faz com que o corpo reage ao frio por meio de erupções cutâneas, também conhecida como alergia ao frio, fazendo com que as pessoas que sofrem dessa doença saia de casa sempre bem agasalhada independente se está um clima realmente frio ou não. Essa doença atinge mais jovens e adultos d até 30 anos.

5. Síndrome da cabeça explosiva

Quem sofre com essa síndrome, muitas vezes tem a sensação de que uma bomba explodir ao lado da sua cabeça antes de pegar no sono e ao acordar. A ciência afirma que essa síndrome pode ser causadas por um estímulo da atividade neuronal em áreas de atividades cerebral responsável pelo processamento de som.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!