A vitória de Jair Bolsonaro e o recado das urnas em Parnaíba

Por Delta | 29/10/2018 | Sem Comentários

Os brasileiros elegeram no último domingo (28), o 38º Presidente da República Federativa do Brasil, Jair Messias Bolsonaro (PSL). Uma votação que deixou uma diferença de 10 Milhões de votos para  o candidato derrotado Fernando Haddad (PT).

A nível nacional o resultado foi o seguinte: Jair Bolsonaro obteve 55, 13% dos votos válidos, ou seja, 57, 797, 456 votos. Fernando Haddad teve 44, 87% que em números atingiu 47, 040, 819 votos por todo o país.

Esse resultado mudou uma rotina que se via há mais de 20 anos, quando por várias vezes os brasileiros tiveram que optar entre um candidato do PT e PSDB, na maioria das vezes, foi o PT quem levou a melhor nas disputas pelo voto popular.

Jair Bolsonaro simbolizou nesse resultado, o sentimento do desejo de mudança que a maioria dos brasileiros expressou nas urnas, não concordando com as práticas políticas que vinham sendo adotadas até aqui.

Para a nossa realidade como parnaibanos, temos um quadro diferente do que foi apresentado nacionalmente. É que em Parnaíba, Jair Bolsonaro teve uma boa votação, mas quem obteve maioria foi Fernando Haddad, uma diferença de 19,736 votos de Haddad para Bolsonaro.

Essa votação não deixa de ser importante para os eleitores de Bolsonaro em Parnaíba, mas poderia ser maior, uma vez que estamos diante de um nome que simboliza a mudança que a maioria acredita. O resultado é fruto do voto espontâneo do eleitor, e de uma pequena ajuda, através de líderes políticos, como é o caso do prefeito de Parnaíba Mão Santa.

Quando falo que o resultado poderia ser melhor, estou me referindo também ao resultado das urnas em 2016, quando o atual prefeito foi eleito com uma votação na casa dos 35 mil votos, enquanto seu adversário político, Florentino Neto (PT) manteve a votação de 2012 na casa dos 34 mil votos. Se considerarmos os votos para Bolsonaro como aqueles que seguem uma orientação do prefeito, temos uma queda em números de quase 6 mil votos, se comparados a 2016.

As urnas dão recados, e esse recado apesar de estar sendo comemorado, deveria ser encarado com um pouco mais de alerta. Primeiro que se o eleitor anti-PT está firme na sua escolha, deverá repetir essa soma nos próximos pleitos. Só que pelo caminho dos líderes políticos contrários ao PT em Parnaíba, temos o governador Wellington Dias (PT) reeleito no primeiro turno desta eleição.

Por ter sido no Piauí onde o PT obteve maior votação em todo o Brasil, talvez seja por aqui  mesmo, que o partido deva começar uma jornada interna de reciclagem, e se perguntar, onde erramos? E para isso essa força de dentro para fora, que certamente eles farão, inclui a reconquista de colégios eleitorais importantes como é o caso de Parnaíba.

Diante desse quadro temos o seguinte, a maioria daqui, perdeu para a minoria que um dia sonhou com esse resultado. Ao próprio PT que agora vai ter que conviver, pelo menos no nordeste do país, com a minoria com status de maioria, uma missão, respeitar o resultado das urnas e buscar corrigir os erros que existiram, pois o próprio Haddad confessou que o partido errou. Afinal o PT assim como os demais partidos, é feito por gente, e gente erra.


Por: Tiago Mendes

0 Comentários

Deixe o seu comentário!