20 de janeiro de 2019
(86) 9810-8310 / 98153-2296
portaldodelta.redacao@gmail.com
Logo do Portal do Delta
Publicidade

Postado por Delta em 20/jan/2019

Flamengo vence o Bangu por 2 a 1 em estreia no Campeonato Carioca

O Flamengo iniciou sua caminhada no Campeonato Carioca neste domingo (20) vencendo o Bangu de virada, por 2 a 1, com gols de Diego e Rhodolfo, diante de mais de 46 mil torcedores no Maracanã.

O jogo ficou marcado por uma polêmica de arbitragem. No início do lance que originou o gol de empate do Rubro-Negro, a bola teria saído pela linha de fundo, segundo imagens da TV Globo. Na sequência, foi marcado um pênalti convertido por Diego e o volante Felipe Dias, do Bangu, acabou expulso.

No segundo tempo aconteceu outro pênalti para o Flamengo, mas Diego desperdiçou.

Nesta quarta-feira (23) o Rubro-Negro volta a campo para enfrentar o Resende no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela segunda rodada do Grupo C da Taça Guanabara.

O JOGO

O Flamengo construiu sua virada com certa facilidade, mas alguns pontos foram evidenciados e precisarão de reparos por parte do técnico Abel Braga. O principal deles no que se refere às jogadas aéreas defensivas, onde a equipe sofreu gol e levou outros sustos durante a partida.

Kelvin bateu um arremesso de lateral aos 2 minutos do primeiro tempo e Anderson Lessa subiu mais alto que Rodrigo Caio para, de cabeça, abrir o placar para o Bangu e silenciar o Maracanã.

O empate do Flamengo aconteceu rápido, logo aos 12 minutos, mas foi cercado de polêmica. O lateral esquerdo Renê foi à linha de fundo e, de acordo com as imagens da TV Globo, a bola pareceu sair. Porém, a arbitragem não deu, a jogada seguiu, Diego chutou e o zagueiro Felipe Dias cortou com a mão. O árbitro Bruno Arleu de Araújo anotou o pênalti e ainda expulsou o jogador do Bangu. Na cobrança, Diego converteu com categoria.

Inspirado, Diego quase fez mais um aos 20 minutos, quando cabeceou firme para o goleiro Jeferson Paulino fazer grande defesa.

Aos oito minutos do segundo tempo, Éverton Ribeiro cruzou com extremo capricho para Rhodolfo, que se antecipou ao goleiro e, de cabeça, raspou a bola para o fundo da rede levando o Flamengo à virada.

Aos 18 minutos do segundo tempo, Éverton Ribeiro foi derrubado por Dieyson e sofreu pênalti. Na cobrança, Diego chutou forte no canto direito, mas o goleiro Jefferson Aquino fez grande defesa e impediu o segundo tento do meia.

O meia Diego foi um dos principais destaques da vitória do Flamengo, fazendo gol, finalizando e sendo bem participativo, mas sua atuação não ficou totalmente positivo por ter desperdiçado um pênalti no segundo tempo.

Se não fosse o goleiro Jefferson Aquino, do Bangu, a vitória do Flamengo seria mais elástica. O arqueiro fez grandes defesas e ainda pegou um pênalti de Diego.

Embora tenha sido prejudicado pela arbitragem, que não deu a saída de bola no início da jogada, o volante Felipe Dias utilizou a mão e foi expulso com apenas 12 minutos do primeiro tempo.

O Flamengo de Abel Braga se mostrou um time que busca a intensidade durante os 90 minutos mesmo com adversidades, como o forte calor do Rio de Janeiro. O time também valorizou a posse de bola.

O provável erro de arbitragem no lance do gol de empate do Flamengo acabou prejudicando os planos do técnico Alfredo Sampaio, que ficou com um a menos desde os 12 minutos do primeiro tempo e precisou se defender o tempo inteiro.

FLAMENGO 2 X 1 BANGU

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Hora: 17h (horário de Brasília)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo

Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha

Cartões amarelos: Vitinho, Diego, Thiago Santos (FLA); Dieyson, Michel (BAN)

Cartões vermelhos: Felipe Dias (BAN)

Gols: Anderson Lessa, aos 2 minutos do primeiro tempo (BAN); Diego, aos 12 minutos do primeiro tempo (FLA); Rhodolfo, aos 8 minutos do segundo tempo (FLA)

Flamengo Diego Alves, Pará, Rhodolfo, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego (Vitor Gabriel); Éverton Ribeiro (Piris da Motta), Vitinho (Thiago Santos) e Uribe Técnico: Abel Braga.

Bangu Jeferson; Kelvin, Michel, Anderson, Dieyson; Felipe Dias, Serginho (Josiel), Marcos Júnior (Yaya Bañoro); Pingo (Jairinho), Anderson Lessa, Robinho Técnico: Alfredo Sampaio.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!